(85) 3486-6056 | (85) 9 9999-2934 (Whatsapp)
 contato@walterpinheiro.com.br
eliminar-manchas-en-la-piel

Melasma tem cura?

Melasma é uma condição que se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, sendo mais comum na face e ocorrendo mais em mulheres.
Não há uma causa única específica, mas vários fatores podem estar associados, tais como: predisposição genética, fatores hormonais e principalmente a exposição solar.
O Melasma não tem cura, mas pode regredir e ficar sobre controle, daí torna-se fundamental conhecer esses fatores que estão envolvidos com o seu surgimento e agravamento.
O sol é o fator mais importante relacionado ao desencadeamento do melasma, pois a exposição prolongada facilita a manutenção dessa mancha.
O uso constante e correto do protetor solar é de fundamental importância para o seu controle. Ele deve ser de amplo espectro com FPS 50 ou mais, e reaplicado a cada 3 horas, precisando proteger da radiação UVA, UVB e também da luz visível para bloquear a luz das lâmpadas e computadores, visto que já foi comprovado que a luz visível (principalmente a luz azul) mancha a pele.
A pele comprometida pelo melasma não deve ficar irritada, pois qualquer inflamação provoca mais produção de melanina e o us da pílula anticoncepcional pode piorá-lo, mas não necessariamente precisa ser interrompida.
O Dermatologista é o único profissional habilitado para diagnosticar e tratar esta condição.
Seus tratamentos variam de acordo com a características de cada paciente, mas sempre compreendem hábitos de proteção contra os raios UV e luz visível, e o uso de produtos tópicos associados ou não a medicamentos de uso oral e procedimentos para o clareamento.
É importante salientar, entretanto, que o tratamento para o Melasma sempre prevê um conjunto de medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte.

Não existem comentários para este post.

Deixe seu comentário!